Translate

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Boas festas! / Como agendar sua sessão


Olá, queridos bebezitos! Mais um ano que se passou. Ufa! 
Claro que reconheço que a atividade do blog está longe do aceitável, mas eu realmente cansei um pouco. Hehehehe.
Por outro lado, eu queria movimentar um pouco não apenas este espaço, mas também ser mais atuante fora do virtual.
O que estou querendo dizer? Estou retomando as sessões de BDSM e ABDL, porém de forma remunerada. Serão sessões com todo o empenho que sempre dedico a fazer o bebê/sub aproveitar o cenário e se divertir, porém agora serão mediante pagamento.
O Shark se vendeu? O Shark virou mercenário? Pois é, eu também passei por alguns dilemas morais nesse aspecto. O que eu conclui é que não tem nada de errado em cobrar por algo pelo qual sou bom. No fim das contas estou realmente prestando um serviço se for analisar.
O motivo principal é que me tornei um grande adepto da idéia de poder pagar contas. rs.
Nada melhor do que remover uma mordaça do que puxar tudo de uma vez, sendo assim, abaixo está uma pequena lista de como vai ser, incluindo valores:

Primeiramente você deve ser maior de idade.

Sessões em São Paulo, capital. Viagens para outras cidades são possíveis mediante conversa prévia e definição de valor.

Valor por hora: R$ 500,00 + transporte ida e volta (Taxi / Uber) até o local da sessão. Custos de motel, se houverem, também serão de responsabilidade do contratante.

Valor por hora adicional: R$ 300,00

Para casais será acrescido valor de 50% 

O valor inclui o cenário que você quiser, seja ABDL, BDSM ou mistura de ambos. Trocas de fraldas somente com o n°1 (xixi). 

Não faço distinção de gênero ou de qualquer outro tipo. Mesmo meu público sendo majoritáriamente masculino, fico feliz em atender mulheres, trans, etc. 

Fotografias e vídeos poderão ser feitos caso o contratante quiser um registro da sessão. Eu não ficarei com as imagens, apenas as registrarei. Todo o material produzido ficará com você.
Sua identidade será sempre mantida em sigilo.

Caso você deseje um cenário mais complexo, que faça com que eu precise de um ajudante, o valor cobrado na sessão será o dobro + transporte do ajudante (taxi / Uber).

Pagamentos somente em dinheiro, transferência bancária ou Paypal. No ato do agendamento será cobrado 50% do valor adiantado, e o restante deverá ser pago em dinheiro no ato da chegada. Em caso de cancelamento antes da sessão, o valor adiantado não será reembolsado. Em caso de desistência durante a sessão, o valor total não será reembolsado.



- Alguns materiais que possuo: 

Camisa de força, Zentai, cordas, ballgag, correntes, roupas de bebê (pijamas com pézinho).
Eu posso te vestir do jeito que você quiser, incluindo roupas e acessórios que você tenha. Meu objetivo é que você se divirta e aproveite ao máximo.

Fraldas, talco, comidinhas de bebê, silvertape, mamadeiras e outros produtos relacionados ao tema ABDL/BDSM deverão ser supridos pelo contratante. Eu cuidarei de você do jeito que você quiser, mas não farei as compras. 

SSC. São, Seguro, Consensual. Eu jamais farei algo que você não queira ou que coloque em risco a sua integridade física/mental. 


- COISAS QUE NÃO FAÇO:


Qualquer tipo de escatologia

Enemas

Sangue/agulhas

 Fisting

Não sou garoto de programa. Te punhetar, penetração, sexo oral ou qualquer outro contato sexual está fora de questão. Este fator é crucial, tenha em mente que sou casado e minha intimidade é com meu parceiro somente. 

Sessões em minha residência

Spanking pesado.


Ser o bebê / sub. ( serei somente o papai / dominador )


Drogas completamente fora de questão. No máximo uma cervejinha.


Não fico de um dia pro outro. Sessões de no máximo 6 horas.

Contatos via e-mail drisdano@hotmail.com  


Sim, eu entendo que os valores são "salgados", mas tenha em mente que não vou apenas te botar uma fralda e ficar te olhando com cara de paisagem. Eu vou cuidar de você. Dar carinho, ler histórias, vestir roupinhas, dar banho se você quiser, trocar suas fraldas. Não é apenas o ato em si, mas todo o cuidado e dedicação.
O mesmo vale pro BDSM. Meu objetivo é realizar sua fantasia, de todas as formas que me forem possíveis. Seja um cenário de sequestro ou humilhação, eu estarei 100% focado em lhe proporcionar momentos inesquecíveis e sobretudo prazerosos.
Uma das coisas que mais me deixaria chateado é ouvir no final de uma sessão que a pessoa não gostou e que não teve nenhum prazer. Eu levo mesmo muito a sério. Tenha certeza disso. 


- REPOST [VIDEO] Diaper bondage + berçário (Nurse Helena job search.)

Vídeos de volta! Foram excluídos anteriormente porque alguém deve ter se sentido ofendido.

Espero que gostem, bebezinhos! Pena que não é material meu... Porém, se vocês souberem onde procurar existem algumas novidades em alguns de meus perfils do mundo ABDL e BDSM.
*Na verdade agora é possivel que eu faça seu desejo de ser baby realidade. Veja o post de natal.
Faltou bondage forte nos videos, mas valeu pela dose de fofurice. ;)
São seqüências, portanto assistam na ordem.



video

video


É isso aí! Um bom fds pra vcs e comportem-se. Senão o tubarão sequestrador vai fazer uma visita. ;)


terça-feira, 15 de novembro de 2016

[FOTOS / VIDEOS] Mumificação divertida - feat. Outsiderwolf

Olá, meus caros bebês! Como estão todos? Espero que bem!
Hoje tenho uma ótima seleção para vocês! Meu amigo Outsiderwolf e eu adoramos muito um bondage bastante malvado e restritivo, e nada mais natural do que colocarmos algumas idéias em prática de vez em quando, correto? Eu havia comentado com ele que estava com muita vontade de fazer uma mumificação com plástico-filme (PVC), e que tinha encontrado o rolo de 300 metros por um preço bastante atrativo - R$ 21,50. Pois muito bem; Óbvio que ele topou a ação! Hehehehe
Chegou o dia. O Wolf veio até SP e fomos até o atacadão onde vende os rolos de filme. Na dúvida pegamos 2 rolos. Queríamos que fosse inescapável, visto que ambos temos certa "propensão" a conseguir escapar. kkkk
Ele foi primeiro! Comecei a embrulhá-lo com calma e metódicamente, começando a partir da altura do peito. Estava bem quente neste dia, e o ar-condicionado não dava conta. Até o ato de girar ao redor dele passando o filme me fez suar e ficar tonto (foram muitas voltas rs). Após pouco mais de 20 minutos nosso amigo Wolf já estava embrulhado dos pés à cabeça, ou quase. Por estar quente demais eu não queria arriscar uma mumificação completa. Eu somente completei com uma mordaça simples de filme e uma meia dentro da boca.
Confesso que fiquei muito contente com o resultado! Ainda para garantir que ele não pudesse usar as mãos para tentar abrir caminho (ou se auto-satisfazer tocando no pau), coloquei luvas especiais nelas, presas por fivelas de metal. Ele agora só podia se debater.
Realmente o filme em sí quando usado em várias camadas é mais eficiente do que pensei. Usei pouco mais de um terço do rolo e ele criou uma prisão/casulo extremamente eficaz. Se além disso eu terminasse o trabalho com duct tape, a vítima poderia permanecer embrulhada até o natal.
Claro que não terminou. Vocês acharam francamente que eu deixaria passar a oportunidade de também experimentar uma deliciosa mumificação? Nem pensar! Meu lado Switch está sempre presente.
Dessa vez foi o Wolfy que me embrulhou, de forma tão metódica e inescapável quanto eu havia feito anteriormente na sua vez. No meu caso mudei algumas configurações no que dizia respeito a minhas vestimentas por baixo do filme: Por baixo eu estava usando fraldas e um grosso pijama (que eu chamo de "pijaminha do castigo") feito de jeans extra resistente. Os braços estavam unidos com lacres no final das mangas, e as pernas estavam presas na altura dos pés e joelhos. Mesmo sem o filme esse pijaminha por sí só pode manter preso um bebê desobediente.
Só o que digo é que foi uma delícia! Fazia um bom tempo que eu não me debatia tanto. Saboreei cada minuto desta fantástica tarde. Agradeço de coração ao Outsiderwolf por isso. E que venham outras maluquices! Só que desta vez teremos que esperar por um clima mais frio. Mais um pouco e teríamos filé de tubarão cozido no vapor. KKK
Claaaro que tem fotos e vídeos, meus amiguinhos. Abaixo estão algumas imagens pra seu deleite.
Espero que gostem!









Muito bem! Essas foram as dele, agora vamos às minhas!











 Calma, calma que tem mais! Acharam que era só isso? É nããããão!
Lhes trago dois pequenos videos samples mostrando um pouco da diversão. Enjoy!

video

Aqui nós temos nosso amigo Outsiderwolf

video

E aqui vocês tem o seu amigo Sharkão!

Ufa... É isso, bebês! Espero que tenham gostado. Mostrem aos seus amigos bondagistas e recomendem este blog! 
Até a próximaaaa.

domingo, 9 de outubro de 2016

Bebezinho comportado [FOTOS]

Quanto tempo não apareço! ^^
Hoje a tarde foi muito divertida! Muitos de vocês já viram fotos deste meu pijaminha "especial". hehehe. É basicamente um macacão de apicultor tamanho EXG, modificado para ser uma camisa de força de corpo inteiro. O tecido é brim pesado, quase indestrutível, e as extremidades das mangas e pernas são presas com cordas e então amarradas para imobilizar o corpo como o papai achar melhor. As fitas foram adicionadas para uma imobilização mais efetiva. Não há como escapar.
Já tem mais de 6 anos de muito bondage, e passou por muitos bebês malcriados! Logo vou ter que substituí-lo, mas ele ainda continua firme e forte. É diversão garantida, :)




Até a próxima! Aceito sugestões do que fazer com o próximo baby e que acessórios usar.

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Yahoo Messenger NÃO MAIS

Apenas como alerta para vocês, caros bebês! O novo Yahoo Messenger está uma B*STA! Não estou mais lá. Ficou ruim pracarayo.
Me contactem pelos outros sites sociais kinky que vocês já conhecem ou mandem e-mail diretamente.
Whatsapp nem pensar. Mensagens serão deletadas.

Abraços

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Dia dos Pais

Passou o dia dos "pais" ontem pra mim. Apesar de não possuir filhos biológicos (não de meu conhecimento), ainda comprei uma lembrancinha pra mim mesmo. :)


O meu sábado teve um pouco de bondage, mas foi tão hot que nenhum de nós sequer parou pra pensar em ligar a câmera... Sorry. ehehehee

segunda-feira, 25 de julho de 2016

[CONTO] Ursinhos perversos do papai

Olá, bebezinhos, bondagistas e fetichistas simpatizantes! Aqui é o Papai Shark falando (dã.. óbvio.kkkkk).
Primeiramente eu gostaria de agradecer a todos vocês que, sempre que podem, visitam este nosso cantinho. Realmente significa muito.
Eu também peço desculpas pelas postagens serem tão poucas nos últimos meses/ano. Isto já foi mais movimentado, não é mesmo? Pois é... acho que antes eu tinha mais assunto.... Antes eu criava material (fotos, vídeos) para compartilhar. Hoje quase não consigo fazer mais nada. falta inspiração.
Quando criei este blog, foi sem nenhuma grande expectativa. Eu só queria desenvolver um conteúdo online em PT-BR sobre um fetiche que é tão pouco difundido ou respeitado.
Agora vejam onde chegamos, não é mesmo? Graças ao esforço conjunto de muitos amigos. Obrigado, pessoal!
Mas vamos ao que interessa: Um pequeno conto! Sei que muitos de vocês gostam, ainda mais quando tem bondage hehehehe.
Este conto está na gaveta desde acho que... uau! Acho que desde março. Eu havia tirado a foto para ilustrar o que iria escrever e deixei largado como rascunho com somente o primeiro parágrafo escrito. Eu já disse antes mas vou repetir: Detesto escrever contos. Me tomam tempo e me superaquecem o cérebro. Não sou escritor e prefiro continuar assim. kkkk! 
Espero que a aventura do Pedrinho faça vocês se divertirem um pouco, e com sorte terem algumas ereções ;)

Ps. Ah sim! Meu teclado está com mal contato na letra F, portanto peço desculpas por eventuais erros, tanto ortográficos quanto de gramática. 
Enjoy!

Shark

_____________________________________________________



Pedrinho era o típico adolescente de 14 anos. Bom aluno, sempre tirava notas boas na escola. Mas Pedrinho não tinha muitos amigos e sempre se sentiu meio solitário.
Muito tímido desde pequeno, seus únicos amigos verdadeiros eram três ursinhos de pelúcia que ganhara de seu professor na escola - Tiago - pelo seu aniversário ano passado. Pedrinho achou estranho o presente, ainda mais porque além de ser bem mais velho, os dois mal se conheciam. 
Mas essa não era a única coisa "estranha" na vida de Pedrinho. Ele era secretamente o que as pessoas chamam de INFANTILISTA. Por esse motivo, é fácil entender porque Pedrinho instantâneamente se afeiçoou pelos seus novos amigos, e sempre dormia abraçado com eles. Seus pais não se importavam, pois Pedrinho por ser filho único, sempre foi meio mimado, mesmo já sendo adolescente.
Pedrinho passava as tardes após a escola usando fraldas e roupinhas infantís em tamanho adulto que ele comprava pela internet sempre que conseguia juntar algum dinheiro. Ele não sabia porquê fazia isso, mas ele se sentia muito bem e feliz, e isso bastava para ele.
Certo dia algo muito ruim aconteceu com Pedrinho; Atrasado para a escola, ele esqueceu sua fralda usada debaixo das cobertas. Ao chegar em casa, Pedrinho foi confrontado por seus pais.
-Pedrinho sua mãe e eu queremos ter uma conversa muito séria com você. - Seu pai disse
-Mas o que foi? - Perguntou Pedrinho, com ar apreensivo. Sua mãe mal olhava em seus olhos.
-Escute - Continuou o pai -  Sua mãe encontrou uma fralda usada na sua cama. Você está doente, filho? Por que está usando fraldas em casa?
- Eu.. eu.. não tem bem um motivo - tentou explicar Pedrinho -  Eu apenas gosto de usar. Me sinto bem.
- Filho, isto não é normal. Você está proibido de continuar com essa maluquice, entendeu bem? Quem te deu essa idéia absurda de que usar fraldas é normal?! Foi alguém da escola? - Disse o pai com um ar severo.
- Não foi ninguém, pai.. Por favor eu não fiz nada de errado. Eu juro! - Pedrinho começava a chorar.
-Chega - continuou o pai - Eu não quero nem ouvir mais falar a esse respeito. Está decidido. Ou você para com isso ou haverão consequências sérias.
Deixaram Pedrinho sozinho em seu quarto. Ele tremia e chorava. Não teve coragem de descer para jantar naquela noite. Acabou pegando no sono .





Na madrugada daquele dia Pedrinnho despertou se sentindo estranho. Ele não conseguia se mexer.
-M-mas o que é iss.. mmmphh! MMPH! - Pequenas mãos empurraram algo em sua boca e prenderam atrás de sua cabeça. Era uma mordaça. Não conseguia mais falar.
Pedrinho não entendia o que estava acontecendo. Estava com os braços cruzados sobre o peito, vestindo um macacão rosa estranho,. As mangas presas atrás das costas e seus pés unidos juntos, presos para trás de forma a manter suas pernas dobradas. Na essência parecia um pijama para bebê modificado para prender um adulto.
Algo mais estranho deixou Pedrinho estarrecido: Seus ursos de pelúcia, antes imóveis, moviam-se ávidamente enquanto terminavam de imobilizá-lo. Ele se debatia e tentava gritar por socorro, mas era inútil. Apesar do tamanho, eles eram surpreendentemente fortes. Os últimos ajustes foram feitos nas cordas. Pedrinho estava agora completamente indefeso.
Dois dos ursinhos pararam de se mover, enquanto que o terceiro aproximou-se com uma câmera e começou a fotografá-lo. O material do pijama era muito resistente, Pedrinho se debatia com toda a sua força mas não conseguía se livrar. Foram vários minutos lutando, Pedrinho estava cada vez mais cansado e por fim parou imóvel, ofegando.
-Mpph.. mmppphh! Mmph. Foi sua última tentativa de alertar os seus pais e pedir por socorro.
Outro urso, que aguardava próximo a sua cabeça, inesperadamente começou a falar, quase como que um sussurro:
-Olá, Pedro! Se divertindo? Você sabe quem sou eu?
A voz não era estranha, pelo contrário, era muito familiar. Era Tiago, seu professor.
-Me desculpe pela violência dos pequeninos Eu precisava de você imóvel e calado para ouvir minhas instruções, e esse era o único jeito. Além do mais, você está muito lindinho com esse pijaminha especial que eu fiz pra você! 
Pedrinho tinha lágrimas escorrendo dos olhos, tentou falar mais uma vez, mas a mordaça em sua boca impedia que sua língua se movesse.
-Calma, garotinho. Não adianta tentar falar, e muito menos fugir. O material desse pijaminha é o mesmo usado em camisas de força projetadas para manter adultos crescidos sob controle. Um garoto franzino como você não tem nenhuma chance de escapar. Agora escute atentamente: - Disse Tiago, mantendo a voz calma.
-Há muito tempo eu estava de olho em você. - prosseguiu - Seu jeito de agir, sua timidez frente a seus colegas. Você é perfeito. E adivinhe só: a partir de hoje você é meu. Eu sempre quis cuidar de um bebezinho crescido e é assim que você será tratado.
Pedrinho estava exausto de tanto fazer força contra aquele macacão. Só conseguia manter os olhos abertos, prestando atenção na voz.
-Esses ursos que lhe de dei são controlados por computador. Eu os criei com qualidades especiais para cuidar e até mesmo disciplinar você caso necessário. Toda noite você deixará que eu cuide de você através deles. Eles vão te vestir como um bebê e eu transmitirei ordens pelos auto-falantes instalados neles. Se você for um bom menino será recompensado, mas se não for.... Bem.. O jeito como você está amarrado agora é uma pequena amostra do que pode acontecer. E nem pense em contar para os seus pais. Eles jamais acreditariam numa história absurda destas, e agora eu tenho fotos suas vestido de bebezinho e com chupetinha. Não seria nada bom se alguém as espalhasse na internet pra todos verem. Não é mesmo?
-Por hoje eu deixarei apenas que você se acostume com a idéia e curta se sentir como um bebezinho - Continuou Tiago -  De que agora você pertence a um papai, e é assim que você irá me chamar. Mesmo quando eu não os estou controlando, os ursos são programados para manter você longe de encrencas. Cada um deles contém instalada uma agulha hipodérmica e toxinas paralisantes cada um suficiente para mais de 300 aplicações sem recarga. Uma pequena dose irá relaxar seus músculos e deixar você mais calmo, e uma dose maior irá te botar pra dormir. Além disso...
-MPPH! Mmph. Não! Mpph! -  Com o choque da revelação, Pedrinho tentou escorregar para fora da cama e com sorte conseguiria se arrastar até a porta de seu quarto e fazer barulho para alertar seus pais. Prontamente 2 ursos seguraram seus pés enquanto que o terceiro subiu em seu peito, levando sua pata esquerda de encontro com sua jugular. Pedrinho sentiu uma picada e um ardor no pescoço. Começou a se sentir meio tonto e a perder o controle dos braços e pernas. Ao mesmo tempo sentiu um liquido quente escorrendo entre suas pernas. Estava urinando involuntáriamente.
-Agora acalme-se. - disse a voz de Tiago - Você ficou agitado demais e acionou o protocolo de segurança dos ursinhos. Eles jamais vão deixar você se machucar, e o procedimento padrão é a imobilização e sedação. Um dos efeitos colaterais da injeção inclui o relaxamento da bexiga e seu subsequente esvaziamento. Não se preocupe; você pode não ter reparado, mas você está de fraldas debaixo do pijaminha. Você nunca irá dormir sem elas.
Pedrinho se sentia indefeso e extremamente humilhado. - Mpphh!! - tentou protestar, sem sucesso. Tiago prosseguiu:
-Agora que você está comportado como um bom menino, vou lhe dar as instruções antes de sua hora de dormir:
  • Você é meu bebezinho agora. Nunca se esqueça disso.
  • Todos os dias eu irei cuidar de você remotamente através dos ursinhos. Não faremos nada pessoalmente. 
  • Quando você for maior de idade você virá morar comigo, onde finalmente vou transformá-lo num bebê em definitivo.
  • Um bebê comportado e obediente é recompensado. Um bebê malcriado é severamente punido.
  • Você será sempre monitorado e fotografado pelos ursinhos. Todas as fotos serão transmitidas para mim para a criação do seu website. 
  • Hoje é seu primeiro dia de treinamento. Eu escolhi você porque percebí que você tem grande potencial para ser meu bebê. 
  • Amanhã de manhã os ursos irão libertá-lo e você irá direto pra escola. Nem pense em faltar. As consequências serão terríveis.
-Entendeu tudo? Se sim, pisque os olhos duas vezes. 

Pedrinho estava em pânico. Não podia mais sequer tentar se mexer, e falar era inútil. Não teve escolha a não ser obedecer.

-Muito bem, bebê! - Exclamou Tiago. - Agora é hora de dormir. Deve ser muito desconfortável estar consciente mas não poder se mexer por causa da droga. Darei o comando para seus amigos ursos te arrumarem na cama e botarem pra dormir. Até amanhã! 

Os 3 ursinhos gentilmente arrumaram Pedrinho no centro da cama. Enquanto se debatia para escapar mais cedo, tudo ficou desarrumado. Eles o cobriram e ajeitaram sua cabeça sobre o travesseiro. Pedrinho deu uma última olhada neles quando sentiu mais uma picada no pescoço. Segundos depois estava dormindo profundamente.

--

No dia seguinte Pedrinho acordou assustado. Não estava mais amarrado dentro do pijaminha cor de rosa da noite anterior, tampouco estava de fraldas. Será que tudo havia sido um sonho?
Os ursinhos estavam sobre a cama como de costume. Aproximou-se para examiná-los mais de perto. Pedrinho levou um choque; Debaixo de um deles havia um papel com as palavras "nos vemos na aula. Não falte."
- Meu Deus... tudo ontem a noite aconteceu de verdade! - Pedrinho sussurrou.
Desolado e sem muita escolha, Pedrinho arrumou-se e partiu para a escola. Mal conseguiu tomar café.
O dia na escola transcorreu sem incidentes. A aula do professor Tiago seria a última do dia e Pedrinho estava suando frio de nervoso. Mesmo durante a aula o professor Tiago não esboçou qualquer reação ou interesse ao ver Pedrinho. 
Finalmente o sinal tocou. Todos, com excessão de Pedrinho e Tiago, rápidamente deixaram a sala. Tiago fez sinal para que Pedrinho se aproximasse.

-E então bebê? Dormiu bem ontem? Espero que não esteja dolorido por ter tentado escapar! - Disse Tiago em tom debochado.
-Que palhaçada foi aquela? Eu não sou um bebê! Sou um homem! Você não tem o direito...
Dando um murro na mesa e levantando-se abruptamente, o professor Tiago interrompeu Pedrinho.
-Escute bem, Pedrinho. Isso não é jeito de se dirigir ao seu papai. Está entendendo? Lembra-se do que eu disse que acontece com bebezinhos malcriados?
-Você não pode me obrigar - disse Pedrinho com a voz já meio trêmula -  E mesmo que você ameace espalhar minhas fotos amarrado naquele pijama ridículo. Vai ficar provado que alguém me obrigou a fazer aquilo, e eu vou te entregar pra polícia.
- Imaginei que você fosse dizer algo assim - Tiago sorriu com um ar de satisfação - Tome. Abra este envelope.
Dando de ombros, Pedrinho abriu um pesado envelope. Nele haviam centenas de fotos dele usando fraldas, roupinhas infantís e de chupetas. Pedrinho ficou sem ação.
-Você sinceramente achou que eu só tinha as fotos de ontem como material? Lembre-se que eu fiquei monitorando você por quase um ano antes de agir. As fotos de você amarrado realmente poderiam me dar problemas, mas estas belas fotos do Pedrinho bebezão com certeza vão acabar com sua vida social. Já estão todas na web num site oculto, que posso tornar público com apenas um toque no celular. Quer ver? 
-Não! Por favor...  - Pedrinho implorou - Eu farei o que você mandar
-Bom menino! É assim que o Papai gosta! - Disse Tiago -  Agora pegue esta mochila.
-O que tem dentro? - Indagou Pedrinho, segurando a mochila.
-Você vai gostar disso, afinal, você já gostava de ser um bebezinho antes, não é verdade? Nesta mochila tem fraldas, chupetas, roupinhas, coleira elétrica, cordas, correntes e algemas. Todas possuem QR code, portanto os ursinhos saberão identificar cada uma delas. Todas as noites durante seu treinamento nós vamos alternar os acessórios. Dependendo do seu progresso, alguns itens serão trocados e atualizados. Entendeu?
- Mas eu não quero usar isso. Eu detesto essas coisas - Pedrinho tentou argumentar por uma última vez.
-Não discuta com o papai. Você devia estar me agradecendo. Você sempre foi um baby sozinho, mas agora você tem a mim! - Disse Tiago sorrindo
-Agora vá pra casa. Hoje começa o seu verdadeiro treino baby. Tenho certeza de que ambos vamos nos divertir muito. E não tente destruir ou jogar os ursinhos fora. Eles possuem ferramentas de defesa e você não vai gostar do castigo. Lembre-se que você é meu agora.
-Está bem.. - Pedrinho enxugou as lágrimas.
Tiago então se aproximou de Pedrinho, este deu dois passos para trás. - Venha aqui. É uma ordem. Disse.
Intimidado, Pedrinho se aproximou. Tiago gentilmente o abraçou.
-Sou seu papai agora. Sempre vou te proteger e amar. Só o que peço em troca é que você seja um bom menino.
Pedrinho não disse nada. Apenas pegou seu material escolar e a mochila com os acessórios que Tiago lhe dera e foi para casa.
-O que eu faço agora? Por que isso está acontecendo comigo? Por que eu? - Várias perguntas passavam por sua cabeça, nenhuma com resposta satisfatoria ou que fizesse algum sentido.
Pedrinho apenas podia torcer pra que Tiago não o maltratasse ou revelasse seu segredo para as pessoas.
Naquela noite seu treinamento iria começar. Mesmo aterrorizado, Pedrinho por um momento fantasiou de forma positiva como seria finalmente virar um bebê e ter um papai. Era algo que ele já havia pensado antes, e que agora, mesmo que contra a sua vontade, estava prestes a se tornar realidade.
Finalmente chegou em casa. Pedrinho iria simplesmente seguir a rotina de sempre; Fazer as tarefas, jantar, tomar banho e ir dormir. Mas tudo agora ia mudar. Pedrinho agora tinha um daddy.



Fim







sábado, 23 de julho de 2016

Grupo de Whatsapp. (atualização)



Olá, galerinha!
Apenas como um esclarecimento para vocês: Eu não estou mais no grupo do Whatsapp. Não tinha mais paciência praquilo.
No resto vamos levando! Na comunidade BDSM / Infantilista eu também não tenho andado muito ativo, é fato. Mas com as mensagens que tenho recebido (isso quando recebo) também... não dá ânimo nem pra responder.
Não adianta querer marcar sessões comigo sem sermos amigos, acho que já deixei isso claro, né? :) - ou não.
Não adianta querer encontrar pessoalmente comigo 2 dias depois de me conhecer. Eu não faço isso. É pela minha segurança e a sua também. Existe todo tipo de gente por aí. Boas e más.
Foi só um recadinho breve, bebês. Quem precisar conversar podem me encontrar em praticamente todas as redes sociais fetichistas. ;)
Xauxau e bora esperar Pokémon Go!

quinta-feira, 10 de março de 2016

Retiro o que eu disse (22/03)

Retiro o que eu disse sobre meu último pijaminha, galera. O tecido que a moça usou parece se destruir pelo simples contato com o ar. Pagar 89,90 por algo que começa a rasgar em dois dias (e nem passou pela maquina ainda) simplesmente não compensa.

Vejam só o detalhe:


Atualizando: A costureira foi gentil o bastante para reconhecer o problema e me pediu para enviar o pijama de volta para que ela pudesse reforçar as costuras. 

Atualização 2 (11/03): Enviei hoje o pijaminha para reforço. Feliz em ver que a vendedora se importa em manter a qualidade.

Última atualização (22/03): O pijaminha foi consertado e a princípio ficou bom, porém o tecido é fraco demais; Não creio que resista a uma boa sessão de bondage.
Pra todos os efeitos vou voltar a comprar onde comprava antes. A página da Craudinha foi tomada por infantilistas e o ambiente lá está no mínimo constrangedor.

segunda-feira, 7 de março de 2016

Pijaminha pronto - parte 2

 Agora posso postar as fotos usando ele! Todo ano eu compro um pijaminha novo. O deste ano já garantí. :)



domingo, 6 de março de 2016

Pijaminha pronto!

Olha que legal, galera! Meu novo pijaminha fofo com luvinhas ficou pronto! Já está no correio e deve chegar logo. Depois posto mais fotos, de preferência de alguém amarrado usando ele.  :)



FDS + Bondage + Fraldas

Só pra vocês terem uma idéia da diversão do fim de semana :3

Marca de fraldas: Adultcare.
Resultado: Bom! Elas foram meio caras, 18 reais. Mas seguram dois xixis prolongados. Uns 900ml (minha bexiga é grande)
Me contem como seria um fim de semana ideal para vocês. Ele incluiria bondage?


domingo, 28 de fevereiro de 2016

[FOTOS] Fim de semana baby-BDSM

Olá, bebês! Como estão? :)
Este fim de semana foi bem divertido. Estávamos meu baby e eu no quarto entediados, e ele falou "estou com sono. Vou dormir um pouco"
Pensei "quer saber.. Eu tenho pijaminha aqui, e fita adesiva. Estou com vontade de brincar"
Falei "OK, tira a sua soneca, mas antes me embrulha todo. Se você fizer isso, pode dormir o quanto quiser!"
Ele topou. Oba! Lá vamos nós!
Dei as instruções pra passar a fita, pois ele não tem as malícias de amarrar. Ficou até que bom! Eu embrulhei a metade de baixo do meu corpo, e ele terminou o serviço. O resultado foi bem restritivo, mas ainda assim confortável.
O mais legal é que ele perdeu o sono ao me ver naquela situação, todo amarradinho e me debatendo. Resultado: Gozamos muito e em grande quantidade. KKKKK!
Dei instruções pra ele não me soltar até determinado horário, não importando o quanto eu pedisse. Hehehhehe

Confiram as fotos: