Translate

segunda-feira, 30 de junho de 2014

[FOTOS] Diaper Bondage e breve relato de experiência

Imagens retiradas de http://www.diaper-bondage.com/
Minhas preferidas são as com pijaminhas. Se é pro bebê ficar amarrado o tempo todo, que ele ao menos esteja quentinho e confortável! E vocês tem que admitir.. A combinação de bondage com pijamas de pézinho/macacões fica muito bom. Não basta imobilizar o bebê pra ele não fugir. A degradação de sua imagem e a completa regressão da idade sempre são mais efetivas quando a pessoa perde toda a sua identidade com o mundo adulto. 
Claro que existe o aspecto extremamente sensual e erótico do infantilismo. Qualquer diaper lover fica maluco ao ver um bumbum com uma bela e volumosa fralda. Eu gosto em especial do lado AB, onde a fralda fica como complemento, e não como acessório principal. Roupinhas, chupetas e mamadeiras são muito importantes para que o cenário fique completo. 
O bondage em sí é essencialmente preto e branco. É direto, hardcore. A união com infantilismo o leva ao 'next level', tornando-o intrigantemente fofinho e até mesmo divertido. Apesar de também envolver tortura mental e física do sub.
Após ter dado início à sessão com o Brian, eu mentalmente montava os próximos passos do que fazer, afinal, estávamos falando de BONDAGE, e não de um passeio no parque. Em determinado momento eu mudaria o tema da sessão, passando de torturas e castigos pesados para algo que também envolvesse prêmios. É algo que você deve mudar no andamento das coisas quando você ver que o sub finalmente está "quebrado"/broken. Isso ocorre quando ele pára de lutar e começa a se deixar conduzir pelo mestre/papai. Brian começou muito inquieto e com uma grande vontade de se auto-satisfazer. Mesmo imobilizado ele ainda conseguiu gozar sem permissão. Precisei conduzir a sessão de forma diferente para que ele entendesse que não possuía o poder de obter prazer sem permissão; Ficar de pau duro era proibido. A cada vez que isso acontecia, era imediatamente castigado com dor. Foram adicionados prendedores de mamilos, spanking forte nas nádegas e cócegas. Em determinado momento Brian implorou com seus gemidos para que a surra parasse. Suas nádegas estavam em fogo, vermelhas e latejando. Eu batí pra valer mesmo.
"Vai se comportar agora, bebê?" Eu o chamei de bebê pela primeira vez.
"un-hum..." Disse ele, abafado pela mordaça. 
"Você sabe porquê apanhou.... não sabe?" 
"sim..." fez com a cabeça. 
"Você sabe que mereceu isso. Se comporte e você vai ganhar agrados também." Completei. É muito importante apoiar e confortar o sub após o spanking. Faça com que ele entenda do porquê de ter apanhado. Deixe claro que a surra não veio de graça. Ela teve um motivo.
Por último removí os prendedores de mamilos. Brian gemeu de alívio e ficou quietinho. Ele estava cansado e mais receptivo depois de ter ficado amarrado de pé com os braços pra cima por 1 hora. 
Decidí então mudar o rumo da sessão e introduzir o infantilismo junto com os agrados. Foi quando eu o vestí de bebezinho e coloquei a camisa de força. Tendo feito isso, peguei Brian pela nuca e o levei até o espelho, retirando a touca de sobre seus olhos. Ele se viu transformado em bebê pela primeira vez. Ele ficou se olhando, sem dizer nada. Algo em seus olhos demonstrava surpresa e até mesmo certa curiosidade.
Claro que ele não teria a liberdade de um bebezinho de verdade, ficando solto por aí. Ele não é infantilista. Seus prêmios  envolviam mais bondage, desta vez atendendo a pedidos dele de antes da sessão. Era hora de botar uma focinheira nele e terminar de imobilizar suas pernas. Eu gosto de deixar os bebês bem amarrados e sozinhos, pra pensarem na vida e sobre como foram mal-criados.
Brian estava aceitando sua condição muito bem. Ele não mais lutava frenéticamente. Finalmente ele estava curtindo sua condição de submisso. 
Castigos menos doloridos ainda foram usados. Isso faz parte da sessão. Era hora de ensinar ao Brian a ter controle e aceitar os castigos em silencio, como um bom menino. Tentativas de tentar escapar eram castigadas, de forma física e verbal. Até que Brian ficou quietinho e aceitou, sem se mover ou gemer. Ganhou um merecido "bom menino! É assim que o papai gosta! Papai está muito orgulhoso de você"
Nesta parte da sessão eu já começava a forçar na mente de Brian uma imagem paterna e severa de seu captor.
Bem... Resumindo um pouco porque este post já ficou maior do que eu queria. hehehehe.... Diaper bondage é bom, ABDL bondage é melhor ainda! Mesmo para não infantilistas é possível explorar as opções, principalmente se o sub gostar de humilhações inusitadas.
Eu fui capaz de introduzir elementos infantilistas numa sessão que começou como bondage puro. O sub foi condicionado a brevemente regredir seu estado mental a ponto de aceitar que merecia as punições do papai e que iria se comportar. Eu agradeço ao Brian pela oportunidade de me permitir exercitar essas técnicas. Quem sabe um dia você me deixa postar a sessão. :)
Uma boa semana, bebês! Comentem, opinem. Esse blog fica melhor com a participação de vocês.  






 Que lindo pijaminha :3







 Que bebê comportado! ^^



domingo, 29 de junho de 2014

Pijaminha de presente

Oi, bebês! Viram o jogo da Holanda hj? Que sufoco! o_0
Vocês lembram desse meu pijaminha de tigrinho, né? Então! Uma amiga minha baby (Lilith) sempre quis ter um, então dei de presente pra ela pelo seu vigésimo aniversário! Ela está muito feliz com seu pijaminha, quentinha e fofinha. 
Vejam a foto logo abaixo. Realmente vocês tem que concordar que fica muito melhor nela do que em mim. :P
Ela também adora camisas de força e bondage. Menina esperta!
Perceberam como é bom cultivar amizades no meio ABDL?


sábado, 28 de junho de 2014

sexta-feira, 27 de junho de 2014

[VIDEO] Bedtime with Mommie

Mais um vídeo, bebês! Faltou BONDAGE, mas acho que mesmo assim alguns de vocês vão gostar (eu gostei do pijaminha). :)




terça-feira, 24 de junho de 2014

[VIDEO] ABDL e um pouquinho de bondage. + Explicações da minha ausência.

Olá, bebezitos! Sim... Fiquei "blé" com o blog. Não está realmente compensando correr atrás de conteúdo. Mas nem por isso deixarei de postar de vez em quando! :)
Semana passada fiz uma ótima sessão com um amigo meu, o Brian. Era sua primeiríssima sessão, e ele queria algo hardcore, feito por um sequestrador bem malvado. E eu fui mais ou menos malvado. hehhehe
Brian.. Se você estiver lendo isto, desculpe se fui muito malvado e te deixei meio roxo, mas a intenção era dar o que você pediu: BONDAGE de verdade. Uma sessão com 2 pedaços de corda, uma touca na cabeça e um paninho como mordaça pra mim não é bondage. Se eu faço, é pra valer. :) 
Confesso que não resistí e vestí o Brian igual um bebezinho enquanto ele estava vendado. Ficou muito legal! O resultado ficou no ar aqui por uma meia hora (não sei se alguém aqui viu), mas depois o Brian havia ficado com vergonha de ver fotos dele online (eu havia coberto o rosto dele e pedido autorização antes, óbvio) e me pediu pra retirar. O que eu mais dou valor é a amizade e confiança de meus amigos, então o conteúdo foi removido. Quem sabe um dia ele perca a vergonha e me deixe uppar as imagens e vídeos de novo. Tentem convencê-lo nos comentários! ^_^

Ps. O Brian é amigo meu há anos. Foi por isso que fizemos sessão. Não adianta você falar comigo por 15 minutos e já achar que acontecerá algo. Não é assim. ;)

video