Translate

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Fetiches e relacionamento sério... pode?

Olá, bebês! Todos bem? Espero que sim!


O assunto é bem interessante e controverso (pra variar)...
É possível ter um relacionamento e ainda poder praticar nossos fetiches dentro dele? Na verdade eu poderia responder essa pergunta com outra pergunta: E por que não?
Fetiches esquentam tudo, dão tesão, aumentam a intimidade do casal. Isso nunca foi ruim pra relacionamento algum, pelo contrário.
O que é preciso é o bom e velho DIÁLOGO. O que pode acontecer de errado? A parceira/parceiro pode só simplesmente não curtir as mesmas coisas que você curte, mas a base de todo relacionamento é dar e receber. Você cede em aspectos que você sabe que deixam seu parceiro feliz, e ele irá ceder em aspectos que ele sabe que você gosta. Um relacionamento adulto saudável é assim.
Claro que se você está só com a sua ficante de fim de semana... então a probabilidade de dar errado aumenta exponencialmente. Melhor continuar no bom e velho papai e mamãe até que o relacionamento evolua a ponto de você se sentir confortável de sugerir algo mais kinky. O importante é não apressar.
Quem ama mesmo não vai ligar tanto se você tem um lado mais "diferente", desde que seja saudável e não prejudicial nem a você e nem a outros. Existe uma grande diferença entre o fetiche sadio e psicopatia.
Claro que se o relacionamento já é com alguém do meio isso vai ajudar bastante, afinal, não é mais necessário vencer a barreira da vergonha de contar pra pessoa sobre as coisas que você curte. Apenas o que falta é discutir entre vocês os limites que cada um estipula para a brincadeira. Uma vez estipulados, então é só diversão. :)
O que falta é as pessoas aceitarem o que são. Suas taras, seus desejos. Tudo fica mais fácil quando admitimos que não somos tão "normais" quanto imaginamos. E tenham certeza de que fica mais fácil depois disso. Ou vocês acham que só vocês tem tesão pelo que é "diferente"?
O seu fetiche vai fazer parte de você até o fim da vida. Não é algo que se apague com o bom e velho shift+del. Deixar isso escondido com o passar dos anos não é saudável. É como uma bexiga que se enche aos poucos, você querendo ou não. Imagine você com 60 anos de idade, casado, com filhos, netos.. E a bexiga finalmente estoura. Perdí as contas de quantos procuram relacionamentos extra-conjugais pra satisfazer seu lado fetichista simplesmente porque NÂO AGUENTAM MAIS.
É muito melhor para todos se você desde cedo for honesto consigo mesmo e com seu parceiro. Pois se no fim das contas vocês já perceberem que seus desejos já são tão incompatíveis, não seria melhor evitar de levar o relacionamento adiante a fim de não se magoar e nem ao seu parceiro? Não deixe o "medo de ficar sozinho" atrapalhar. O tempo passa, e ficar velho nunca ajudou ninguém a correr atrás do prejuízo.
Claro que pra molecada isso pode parecer besteira.. Todos querem as coisas JÁ, AGORA. Não tem a paciencia de saber escolher, querer conhecer a pessoa. Eu até entendo.. Quando a gente é novinho, pra que relacionamento sério? O negócio é ficar e trepar bastante, pegar a pessoa mais gostosa. Eu entendo isso! Eu fiz isso! O primeiro amor a gente sempre pensa que vai ser pra sempre, mas não é. A vida não é filme. Só se for de terror.
Bem.. minha intenção era lançar uma discussão... Eu vejo muitos bebezinhos e BDSM'ers struggling quando relacionamento e fetiches colidem, mas o monstro é menos assustador do que parece. É incrível o quanto as pessoas podem nos surpreender. :)


E não esqueçam do MUNCH BDSM do dia 12 de outubro. Presenças ilustres de grandes mestres e Doms brasileiros (eu incluso)! Um sushizinho entre amigos. :)
Confirmem presença! Todos, TODOS convidados! Inclusive você, leitor anônimo que quer fazer amigos.

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Contatos pelo Facebook



Bebezinhos... Eu reparei que muitos tem me adicionado sem se apresentar no Face, mas que outros me mandaram mensagens lá dentro mesmo. Eu acabei recusando ambos os tipos de ADD porque no caso das mensagens eu recusei ANTES de saber que elas existiam! Pra quem não está na minha lista, o face não me avisa que recebí mensagens, ele apenas as guarda numa sub-pasta chamada "other". Eu quase nunca clicava naquilo porque fica escondido.
O jeito mais garantido de entrar em contato comigo é por e-mail, tá ( drisdano@hotmail.com )? Me avisem que estão me adicionando que é pra eu poder aceitar. Caso contrário vou recusar mesmo, porque quero amigos, e não "curiosos masturbadores" que saem adicionando a tudo e a todos.
Claro que não estou me referindo às pessoas que se apresentaram antes. Estou falando só daqueles que encontram o meu perfil e simplesmente adicionam. :)
E por favor... Eu não dou "sessões de auto-ajuda pra bebês e fetichistas indecisos e inseguros".. Não me adicionem esperando que eu ajude vocês a "se aceitarem" e a vencer o medo de comprar uma simples fralda.
No mais, se quiserem ser amigos e conversar de boa, estou às ordens! :D

terça-feira, 17 de setembro de 2013

[VIDEOS] Cute Asian Kidnapped Babes

Hello babies and fetish enthusiasts! :D
Essa semana.. Até já tenho idéias para posts educativos, mas desta vez minha desculpa é a preguiça pra sentar e digitar por 1 hora sem parar... Tenham paciência comigo. :P
Acho que já cheguei a postar os links pra estes vídeos, mas como a conta do Youtoba foi cancelada (por motivos óbvios), vou postar aki diretamente.
Uma overdose de bondage! 

E vão se preparando pro Munch BDSM do dia 12 de outubro! É aberto a TODOS os fetichistas, e baunilhas também! É simplesmente um almoço entre amigos. Vocês almoçam com parentes que detestam o tempo todo, não é? Não custa nada sair pra comer com quem gostamos, só pra variar. ;)
O local é a duas quadras da estação Faria Lima do metrô. Facinho!
Mais detalhes no facebook ou via e-mail drisdano@hotmail.com
IMPORTANTE: Eu não adiciono pessoas no face se elas não se apresentarem antes. 

video
video
video
video
video
video
video

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

[VIDEOS] Hot babe e straitjacket

Olá, bebezinhos! Estou sem assunto pra postar, então vou uppar mais um pouquinho de vídeos bondagísticos.
Tem um outro muito bom de uma baby sitter sendo amarrada e torturada, mas o blogger não me deixou uppar os 240mb do vídeo. Depois eu tento postar de novo, ok? :)

video

video
Tenho uma paixão que beira a insanidade por camisas de força :P



sexta-feira, 13 de setembro de 2013

[VIDEO] Bondage kinky girls

Sexta-feira 13! Brrrrrrrr! Que medo! 
Este é um dos vídeos mais inocentes que eu tenho aqui, bebês.. Mais de 30 minutos de bondage leve/moderado com lindas e kawaii asiáticas. Isso não lhes dá idéias pra testar com seus bebezinhos? Espero que curtam :) 
Infelizmente sem fraldas, mas ainda assim é só usar a imaginação. ;)






quarta-feira, 11 de setembro de 2013

[VIDEO] Bagged

video

Confesso que eu já ensaquei e também já fui ensacado.. É uma delícia... Principalmente no inverno! heheh
Espero que gostem. Esse vídeo é atendendo a pedidos do nosso leitor que adora bondage. :)

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Fetiches... Você sabia?



Olá, bebês! Tem tido muito silêncio ultimamente. Por que?
Percebí que alguns de vocês tem um certo bloqueio pra classificar o Infantilismo como fetiche. Alguns chamam de estilo de vida. É bonitinho pensar assim... Pensar que uma coisa que te excita sexualmente pode ser elevada para o status de estilo de vida. Bem.. sempre tem os maluquinhos que conseguem.. e não só infantilismo! Eehhehe... Aceitem que por mais bonitinho que seja, é um fetiche sexual, e sigam adiante.

Vamos tentar entrar em termos técnicos:



Fetiche sexual, ou fetiche erótico, é a atração sexual que uma pessoa sente por um objeto físico, ou situação específica. O objeto ou situação de interesse é chamado fetiche. Um fetiche sexual pode ser visto como um elemento agregador numa relação romântica/sexual,  obtido de formas simples, como fazer o parceiro usar determinada vestimenta/acessório, por exemplo.



Quais são os 5 fetiches sexuais mais comuns atualmente?

Piercings
Cabelos
Couro (máscaras, roupas, etc)
Sapatos de salto alto. (quanto mais refinados melhor)
Pés


Fetiches históricos bizarros



Fetiches tem existido por séculos, provavelmente há mais tempo do que nossa história registra. Mesmo assim, muitas pessoas nem fazem ideia dos mais bizarros que foram muito populares nos últimos séculos.

Tentacle Rape – Estupro por tentáculos- No final do século 18, o gênero moderno de tentacle rape foi criado por Toshio Maeda, cujo mangá ‘Urotsukidoji’ criou o que pode ser chamado de paradigma moderno de ‘tentacle porn’, o que supostamente no Japão é visto como uma conquista, ao invés de motivos para um processo de assédio e estupro. De acordo com Maeda, ele começou a prática para poder ‘burlar’ as restritas leis de censura japonesas, que proibiam a imagem de um pênis, mas não proibiam penetração por outras coisas (rs). Enquanto Maeda pode ter criado o tentacle rape moderno, ele não foi o inventor! Nem de perto. Maeda foi precedido por Katsushika Hokusai, um artista do final do século 18 e início do 19.  Hokusai foi o autor de “36 vistas do Monte Fuji”, uma série impressa reconhecida internacionalmente que lhe renderam fama local e global. O “Sonho da Esposa do Pescador” é dito ser a primeira aparição de erotismo com tentáculos.

*Se vocês gostam de levar sustos, podem Googlar. :))

Asfixia auto-erótica – século 17 – Especialistas dizem que na lista de mortes mais“embaraçosas” , asfixia auto-erótica está no topo, somente abaixo de tequila e acima de luta-livre. Enquanto que o termo “acidente sexual” pode parecer “uau!”.. tão “uau” quanto uma colisão frontal com um caminhão de esterco. Imaginem os funcionários do motel  encontrando seu corpo estrangulado, sem vida e agarrando-se aos genitais num aperto que  é impossível de se soltar sem a ajuda de ferramentas. Estatísticamente (ABC News) entre 500 a 1000 pessoas morrem acidentalmente a cada ano praticando asfixia auto-erótica.  Asfixia erótica data dos anos 1600, quando era usada como tratamento para disfunções eréteis. (Provavelmente porque o paciente devia preferir a morte do que continuar vivendo sem conseguir transar.)

Fetiche por pés – Século 13 ou antes. – Diretamente falando, fetiche por pés é a atração sexual por pés, seja em meias ou sem nada. Ele tem muitas formas, e pode ir desde simples beijinhos e lambidas até uma massagem completa com o pênis. A primeira mênção ao fetiche por pézinhos data do ano 1220 A.C. Especialistas acreditam que esse fetiche começou devido ao medo das DSTs (historiadores relatam que haviam muito mais ‘foot lovers’ durante as epidemias de sífilis, como as dos séculos 16 e 19).

Necrofilia – Século 5º A.C. – Significa sexo com cadáveres. Psiquiatras teorizaram que existem inúmeras razões para alguém se sentir atraído por cadáveres, as principais seriam o desejo por um parceiro imóvel e que não resista (dã.. :P). Aparentemente essa maluquice começou como tantas outras: Com múmias. Hedódoto (historiador grego que viveu no século 5 A.C) escreveu que, para fazer com que as pessoas parassem de fazer sexo com os corpos antes da mumificação, os antigos egípcios os deixavam decompor por 3 ou 4 dias antes de os entregarem aos embalsamadores.  Pois é... A necrofilia era um problema tão grande naquela época que eles já precisavam tomar medidas preventivas.

Sadomasoquismo – 470 A.C. – Sadomasoquismo (agora ficou bom ^^) envolve dois parceiros consensuais praticando um tipo de ‘roleplay’ sexual caracterizado por dominação e submissão. Um parceiro, o dominante, inflige dor, enquanto que o outro parceiro, o submisso, a recebe. BDSM cobre uma grande variedade de atividades, desde simples abuso verbal e spankings suaves até chibatadas e humilhações.  Pois então.. Se o Marquês de Sade não foi o pai do Sadomasoquismo, então quem foi? A Caverna dos Castigos de Tarquinia (Itália) contém algumas das mais antigas pinturas eróticas conhecidas pelo homem, e tem mais de 2500 anos de idade. (datando em torno de 470 A.C). Em adição às inumeras ilustrações de orgias e “homem + homem + power sexo anal”, existe uma cena onde claramente dois homens se aproveitam de uma mulher, enquando a chicoteiam.


Pois é! Da próxima vez que você parar pra pensar sobre seus próprios fetiches, você pensará também em suas origens!
Este é um assunto muito rico e praticamente inesgotável, postem comentários ou mais fatos interessantes se quiserem. ;)



Texto extraído e adaptado de: http://bdsmunveiled.blogspot.com.br/

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

[VIDEO] Cuidando da bebezinha


Pois é, bebês... Deixa o desânimo do encontro de sábado pra lá. Conformei. Podemos ficar amiguinhos de novo... Só não me falem mais de encontros, combinado? Continuem fazendo entre vocês mesmos lá no McDonald's ou sei lá, e continuem brincando no virtual se é isso que dá o "barato" em vocês.
E desculpem pelas mensagens no Facebook que eu não conseguí responder. Nem sempre consigo ver a tempo. Se for algo mais urgente, me mandem mail ou adicionem no Yahoo Messenger. Eu não uso Skype.
Aos amigos(as) legais que eu já encontrei pessoalmente: Claro que podemos marcar uma cervejinha de vez em quando no fim de semana. Isso sem problemas. :)
Aproveitem o vídeo!

sábado, 7 de setembro de 2013

Encontro de hj 07/09/2013



Bem, bebês... Sério... Que pena que toda vez que eu tento organizar uma coisa bacana pra todos se conhecerem e ficarem AMIGOS, eu levo na bunda...
Onde está o problema? Era simplesmente sair de casa pra comer.. Vocês não fazem isso normalmente? O que mudou?
"Que gente cagona"... O Wolf comentou. Infelizmente eu sou obrigado a concordar.
Eu precisei implorar pra chamar atenção, conversando que é legal e divertido nos encontrarmos. Mas nada surte efeito.
"No próximo eu vou"... Escuto isso desde 2011, e não funciona assim.
Isso só me faz concluir que o papo de fazer amigos reais é papo hipócrita. Ou então tem gente que se acha muito boa pra se encontrar com o "resto da ralé", e preferem fazer encontrinhos só na panelinha deles. Eu sei lá... Cada um parece fazer o que lhe traz prazer imediato.
De todos que disseram que vinham, no final só teve o Shadow, o meu namorado, e o OutsiderWolf, que veio de muito bom grado no encontro, pegando 1 hora de estrada e mais meia hora de metrô.  O Shadow tb veio lááá de longe, mas deu a palavra e veio. É facil assim!
Mas estou feliz ao menos por ter feito novos amigos, o Shadow e a Erin. E isso sempre foi o objetivo dos encontros, e não "juntar pervertidos", como alguns insinuam.
Encontros pra "todos" eu não vou mais organizar. Não vale a pena. Agora somente vou marcar com os amigos de verdade, em OFF.
Boa sorte a todos!

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

[VIDEO] Trocando as fraldas e ALMOÇO DE SÁBADO!

Olá, filhotes! Todos bem?
Como vocês se comportaram 'razoavelmente' bem, vou compartilhar um vídeozinho com bondage e troca de fraldas.
Se Vocês fizerem o Papai Tubarão mais feliz ainda, o próximo vídeo será em HD. ^_^ (430 Mb divididos em dois arquivos, com limite de download de 23kb/s e esperar 1 hora de intervalo entre os downloads ... as coisas que eu não faço por vocês.....)


O Sushi dos Bebês é amanhã! Quero ver MUITOS bebezinhos lá!


Outra coisa... Chegou aos meus ouvidos que alguns SISSIES de São Paulo não querem ir no encontro porque estão com vergonha de serem zoados ou ficarem excluídos. Um deles inclusive se encontrou com o Kiko na noite anterior do primeiro encontro infantilista que eu fui, mas no DIA mesmo... sumiu. Era porque eu também tava lá? Isso deixa triste. :'( ..... PAREM DE VIADAGEM. Eu particularmente acho os Sissy Babies alguns dos bebês mais lindinhos que eu já ví. Já esqueceram que até eu já tive o meu pijaminha rosinha?
Tenham orgulho de quem vocês são e apareçam mais!

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

No infantilismo todos tem obrigações e responsabilidades



Olá, bebês! Como estão? Bem, eu espero. :)
Algumas vezes eu sinto como se falasse demais sobre infantilismo e deixasse de lado o BDSM, o qual eu adoro absurdamente... Realmente isso é fato.. Eu gostaria de postar mais tutoriais a respeito, técnicas de amarração, tipos de nós, formas de tortura leve/moderada/pesada... Mas tudo isso a seu tempo.
Se algum de meus amigos bondagistas quiser/puder colaborar com artigos, eu acharia o máximo! :)) (convite)
Mas vamos ao assunto principal desta postagem: A dificuldade entre mamães, papais e seus filhinhos. Ao que parece, vocês ultimamente não tem conseguido se entender. Correto?
Tudo começa com as frases irritantes do tipo "Quero um bebê pra cuidar", "Preciso de uma mamãe pra me trocar as fraldas"...
Desde quando algum pedido genérico desse jeito deu certo? Claro que NUNCA, né...
É tanto egoísmo e imaturidade. Fora o detalhe que eu vejo tantos ABDL menores de idade que sinceramente é difícil levar a credibilidade da comunidade ABDL a sério. Isso devia mudar, a começar pelos moderadores de certas comunidades. Se não fortalecer a base, o prédio irá ruir.
Eu vejo bebês se "anunciando" o tempo todo... "Quero mamãe pra cuidar de mim".. "Quero ser o bebezinho de alguém."... Ok.. ok.. Que bom que você quer mamãe pra cuidar de você, mas e o oposto? Você já parou pra pensar? Geralmente os bebês tem uma lista kilométrica de coisas que querem que a mamãe/papai façam por eles; Dar carinho, trocar fralda, dar mamadeira, disciplinar, vestir roupinhas...
Mas.... Cadê a parte sobre o que VOCÊS farão pela mamãe/papai? Eles são pessoas como vocês, que também gostam de receber carinho, atenção, lealdade, honestidade. Se você acha que tem o direito de ser o bebê de alguém, você também tem a obrigação de ser merecedor de tal status. É pena que o egoísmo desses recém-nascidos acabe atrapalhando a comunidade como um todo. Papais e mamães ficam desanimados, pois encontram na maioria os BRATS, egoístas e egocêntricos que pensam que só o seu bem estar é importante. E que esporádicamente puxam o saco das mamães e papais quando lhes é conveniente.
Quem aguenta uma relação assim com uma criatura que provém mais dor de cabeça do que alegrias? Ninguém.
Eu vejo bebês reclamando "a minha mamãe me deu bronca porque faltei na aula.. que raiva!" ou então "levei bronca porque não quis tomar meus remédios..." Escute, filhote... É função da sua mamãe de te repreender. Como você será um adulto respeitável se ela for passar a mão na sua cabeça toda vez que você fizer merda? Isso mesmo, eu disse ADULTO. Não confunda o infantilismo como desculpa pra agir como uma criança imbecil (e muitas vezes analfabeta.. afff.. aprendam a escrever!) E outra.. se o médico mandou, então toma essa merda logo duma vez. Se você acha que não precisa, então claro que os seus conhecimentos via Google são melhores do que os 7 anos de faculdade de medicina e outros 5 anos de especialização do seu médico...
Vocês não tem idéia de como é frustrante você se dedicar ao seu bebê, oferecer ao máximo um ambiente o mais parecido possível com o de uma família e então ele te joga na cara que as coisas tem que ser só do jeito dele e foda-se você. Entendam que é uma rua de mão dupla. Ambas as partes tem deveres e responsabilidades, não existe apenas um lado vencedor.
Outra coisa: Parem com isso de querer obrigatóriamente atrelar um relacionamento amoroso toda vez que vocês encontram alguém. Muitas vezes o bebê quer só uma mamãe, e não mamãe + namorada. Muitas vezes o papai só quer um filhinho, e não filhinho + amante. Às vezes esses relacionamentos acontecem? Claro que acontecem, mas cada caso é um caso. Tudo começa com o respeito. Eu vejo "papais" assediando as bebezinhas de tal modo que me dá até medo. Chegam a ser extremamente possessivos e até violentos quando contrariados. É por isso que muitas pessoas fogem na hora que tem os encontros ao vivo, porque sabem que o "pervertido" poderá estar presente. Muito chato isso.
Infelizmente sei que esse texto vai passar batido pra muitos, porque rever conceitos pode ser impossível pra algumas pessoas que tem problemas em aceitar críticas. Apenas entendam que mais que apenas um 'jogo sexual', o infantilismo é uma prática prazeirosa em diversos outros níveis. Ele promove conforto e alegria, é aquele nosso momento mágico onde os problemas desaparecem. Mas todas as coisas boas precisam de esforço para acontecer, e é nessa hora que a maturidade faz toda a diferença. :)

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Almoço dos bebês, AGORA DIA 07 de setembro!


Apenas pra lembrar os bebezinhos (e fetichistas) que sofrem de Alzheimer por Conveniência: O almoço japa é ESSA SEMANA! Mais fácil impossível! A hora é agora!
Mais detalhes vocês me contactem por e-mail, ok?
Comentem aqui embaixo quem irá. Vamos fazer uma lista de presença prévia.