Translate

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Ana Maria Braga - Infantilismo

A Globo é o monstro dos Copyrights aqui no Brasil. Assistam logo ao vídeo. Não sei quanto tempo vai durar online.


video



Ae está, bebês! Mais Você, matéria INFANTILISMO! 
 "Não digo que ela (infantilista) é absolutamente doente, mas ela também não é absolutamente normal." 
Doutor mandou bem! Tudo que foge do corriqueiro pode ser considerado "anormal", porém nem todo anormal é ruim! No geral o programa me pareceu muito bem embasado. Nós, infantilistas, não fomos retratados de forma ofensiva e nem tendenciosa. Creio que o saldo foi positivo.
Por favor comentem. Eu gostaria de mais feedback desta vez.

Eu imagino que após este programa surgirão muitos curiosos... Mas que também surgirão muitos infantilistas de verdade, que sempre tiveram vergonha do que são e que achavam que estavam sozinhos, mas que agora sabem que não é bem assim! Existem centenas, MILHARES de nós. Bem-vindos, bebês!


Roberto, acho que nunca nos falamos antes, mas se um dia você ler isto, parabéns! Você ganhou meu respeito. Os Estados Unidos tem o Stanley, the Adult Baby que mostrou o rosto e sua casa pro mundo. Porém hoje nasceu o herói nacional dos infantilistas brasileiros: Você!

8 comentários:

  1. Essa parte cortada no primeiro vídeo foi a entrada do comercial?
    Olha, achei positivo. Pra uma pessoa "normal" é sim estranho, não dava pra esperar que aceitassem assim de cara. A entrevista da mulher foi ótima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não foi comercial, foi o cara vestido de bebê

      Excluir
  2. a reportagem foi boa, mas como o takato falou para mim no facebook, nao foi uma derrota, mas tambem nao foi uma vitoria, o "doutor" mostrou o lado negativo do infantilismo, mas resaltou algumas coisas importantes... por algum motivo a globo levou alguem para falar bem do infantilismo, o que "salvou" a entrevista... mas foi bom... essa contradição mostra que não só uma forma de ver isso. assim como o shark disse a algum tempo atras fazendo referencia ao filme "x-man3" "nós nao queremos a cura, somos felizes assim"... não precisamos saber o porque de tudo... ninguem vai atras de um medico para descobrir porque é sadomasorquista, entao porque ir atras do porque de ser infantilista... em alguns casos é importante procurar, pois se estiver trasendo problemas sociais para a pessoa, há a necessidade de ajuda

    ResponderExcluir
  3. é isso ai Roberto... Chutou o pau da barraca!!! kkkkk

    ResponderExcluir
  4. Assisti primeiramente às reportagens postadas no site do programa e vi um certo espanto da apresentadora, afinal de contas, é um assunto novo para a grande maioria das pessoas e pode causar reações das mais diversas. Pelo menos, na apresentação, não vi a condução de forma preconceituosa, porém a Ana Maria Braga cometeu alguns pequenos deslizes, os quais não comentarei aqui. Depois disso, passou a entrevista com o casal infantilista e com um rapaz que contou para a família sobre seus hábitos.
    Foram consultados dois psiquiatras para debater o assunto, o primeiro deles disse se tratar de um distúrbio e só faltou dizer que isso precisa ser eliminado da pessoa - essa foi a impressão que eu tive. Já a outra profissional disse que se a prática não incomoda ninguém não pode ser considerado distúrbio, afinal tem pessoas que relaxam de outras formas, com riscos maiores e que ninguém comenta.
    Vi a entrevista do Roberto através do link que o Yuri postou no Facebook e, lá, pude ver um dos infantilistas que há mais tempo conheço no Brasil que, diga-se de passagem, não mudou em nada seu modo de agir. São 10 anos de amizade que tenho com ele conversando pela Internet e trocando e-mails, sempre fez questão de dizer que gosta de usar fralda, chupeta e mamadeira.
    No fim das contas, para mim o que ficou de mais positivo é o fato de isso ser tratado pela primeira vez num programa da TV aberta brasileira. Parabenizo à iniciativa!

    ResponderExcluir
  5. Tambem não vi o assunto ser tratado com algum tipo de preconceito, e como ficou muito claro na entrevistas com os psiquiatras, existem muitas opinioes a respeito do infantilismo, pessoalmente acho que o infantilismo é bom quando isso não atrapalha o seu dia a dia, muitas pessoas são infantilistas e nem por isso deixam de ter sua vida social, elas trabalham, saem pra beber, vão para balada como qualquer pessoa "normal". Amo o fato de ser infantilista, mas nem por isso deixo de viver minha vida por causa disso. Achei muito bacana a iniciativa de expor o infantilismo na TV aberta, pois acaba tendo uma maior aceitação da população e tirando um pouco do lado "anormal" do infantilismo.

    ResponderExcluir
  6. Eu agradeço a todos amigos infantilistas e fico até comovido com toda essa repercussão e acredito que com a entrevista no programa mais voce da rede globo, foi um importante passo para que as pessoas despertem a mente em busca da diversidade e do novo sabendo respeitar as diferenças e que temos que saber conviver com outras pessoas sendo diferente do padrão que a sociedade criou e que pode ser mudado sabendo conviver com respeito e o mundo se tornará mellhor. Abraxo pra todos Bebes ! e mais uma vez obrigado de colaxão.

    ResponderExcluir
  7. MEUS PARABÉNS, ROBERTO! Estava pesquisando algumas coisas sobre infantilismo, mesmo não lendo muito sobre este assunto, e acabei me deparando com essa postagem. Sinceramente fiquei toda orgulhosa por você ter aberto as portas da sua casa e de ter se mostrado de cara limpa. É como se todos nós estivéssemos ali com você, sabe? Não tenho muito o que dizer além do mais sincero: PARABÉNS!

    ResponderExcluir